• Perguntas Frequentes
busca
/

Acesso Restrito

Selecione o portal a que deseja ter acesso:

Financiamento

Um dos entraves para a expansão da capacidade produtiva da indústria nacional, assim como, para novos investimentos em pesquisa e desenvolvimento é a dificuldade encontrada, principalmente pelas pequenas e médias empresas, de obter financiamento devido ao elevado custo de capital junto ao setor bancário privado.

Com o objetivo de facilitar o crédito para os fornecedores nacionais, o Prominp apoiou à estruturação de novos mecanismos de financiamento e capitalização da cadeia produtiva, através de ações articuladas com bancos públicos e privados do país. Destes, destacam-se a criação do Prominp Recebíveis e do Programa Progredir.

Programa Progredir:

A Petrobras desenvolveu, em conjunto com o Prominp e os 11 maiores bancos do país, o Programa Progredir, que tem como objetivo viabilizar a oferta de crédito em volume e condições competitivas para toda a cadeia de suprimento (fornecedores e subfornecedores) da Petrobras, melhorando a liquidez e a robustez financeira dessas empresas nas suas operações. O financiamento concedido é lastreado nos recebíveis ainda não performados em cada um dos contratos firmados entre os participantes da cadeia.

Nas operações do programa, os recebíveis dos contratos e informações de performance são usados como forma de abrandar o risco de crédito dos fornecedores. Essas informações são disponibilizadas no Portal Progredir e são acessadas pela Petrobras, pelos bancos participantes e pelas empresas, que terão a oportunidade de estender os benefícios do Programa aos seus próprios fornecedores. A Petrobras contou com o apoio do Prominp no desenho do Portal, desenvolvido e administrado pela Petronect.

Mais informações podem ser obtidas em www.progredir.petronect.com.br.

Prominp Recebíveis:

Este mecanismo utiliza Fundos de Investimentos em Direitos Creditórios (FIDCs), que antecipam os valores dos contratos de fornecimento de materiais e/ou prestação de serviços à Petrobras para as empresas fornecedoras, por meio de uma estrutura que capta recursos do mercado de capitais e oferece um custo mais competitivo para o financiamento. As operações com FIDCs não são reconhecidas contabilmente como operações de endividamento para o fornecedor, por isso, não impacta o limite de crédito nem afeta o balanço da empresa.

Logo PetrobrasLogo Ministério do DesenvolvimentoLogo Ministério de Minas e EnergiaLogo Governo Federal

Política de Privacidade - Copyright 2013 © - Todos os direitos reservados