• Perguntas Frequentes
busca
/

Acesso Restrito

Selecione o portal a que deseja ter acesso:

Sobre o Prominp

Desde 2003, o Governo Federal vem implementando uma política de conteúdo local no setor de petróleo e gás natural, com o intuito de ampliar a participação da indústria nacional no fornecimento de bens e serviços, e colocá-la em um patamar de competitividade de classe mundial, de forma a traduzir os massivos programas de investimentos do setor em geração de emprego e renda para o país.

Criado em 2003, com o objetivo de maximizar a participação da indústria nacional fornecedora de bens e serviços, em bases competitivas e sustentáveis, na implantação de projetos de investimentos do setor de petróleo e gás natural no Brasil e no exterior.

Neste movimento, o governo federal, através do Decreto no 4.925, do dia 19 de dezembro de 2003, instituiu o Prominp - Programa de Mobilização da Indústria Nacional de Petróleo e Gás Natural.

A criação do programa, coordenado pelo Ministério de Minas e Energia e pela Petrobras, proporcionou aos diversos atores envolvidos com esta indústria um fórum permanente de discussão para desenvolvimento de ações que ampliem, de forma competitiva e sustentável, a participação da indústria nacional de bens e serviços na implantação de projetos de petróleo e gás natural no Brasil e no exterior.

O ano de 2013 marcou os 10 anos de criação do Prominp. Nessa década houve a ampliação sucessiva do programa de investimentos do setor, especialmente após a descoberta das reservas do pré-sal, em 2007. Por meio do engajamento entre governo, operadoras, associações de classe, instituições financeiras, prestadores de serviço, entidades de ensino, e de toda a cadeia produtiva de petróleo e gás, projetos liderados dentro da plataforma de discussões criada pelo programa apresentaram resultados significativos, transformando em encomendas locais uma parcela crescente dessa carteira de investimentos. 

Também nessa década, o país presenciou a retomada da indústria naval no país, com a Petrobras se destacando como grande demandante mundial da construção naval offshore.

A partir de suas demandas a capacidade instalada dos estaleiros nacionais aumentou expressivamente, tanto por investimentos em novas unidades, quanto por expansões e modernizações de instalações existentes. Além de gerador de empregos, o desenvolvimento desse setor trouxe perspectivas positivas para toda sua cadeia fornecedora, incentivando a geração de novas tecnologias.

A partir de iniciativas desenvolvidas no âmbito do programa para promover a capacitação de fornecedores nacionais, a atração de empresas estrangeiras para produzir no Brasil, e a associação de empresas nacionais e estrangeiras, parte do que outrora era produzido no exterior passou e passará a ser fabricado aqui, melhorando a competitividade do mercado fornecedor nacional.

Considerando-se que a produção nos campos do pré-sal ainda é iniciante, é de esperar que a magnitude dos investimentos no setor atinja um patamar ainda maior no final desta década. Nesse sentido, surgem grandes desafios relacionados à capacidade de inovação e de atendimento às demandas por bens de capital, aço, navios, sondas exploratórias e tudo mais que estiver associado aos investimentos da indústria petrolífera.

Por essa razão, o Prominp continuará firme em sua trajetória, para que tudo o que pode ser feito no Brasil, seja feito no Brasil.

Encontros Nacionais do Prominp

Anualmente, o Prominp promove um encontro nacional para avaliar o desenvolvimento do programa ao longo do ano e, a partir das discussões levantadas, e das novas oportunidades do setor, definir as diretrizes para orientar as iniciativas do Programa no ano seguinte. O evento conta com a participação das várias entidades e atores envolvidos no Prominp, que fornecem, através das apresentações e debates, insumos para fortalecer a indústria nacional de bens e serviços do setor de petróleo e gás natural. Já foram realizados nove encontros nacionais, nas cidades de Angra dos Reis (2003), Vitória (2004), Salvador (2005), São Paulo (2006), Brasília (2007), Recife (2009), Porto Alegre (2010), São Luís (2011), Belo Horizonte (2012) e Rio de Janeiro (2013).

► 10º Encontro Nacional - Rio de Janeiro (2013)

► 9º Encontro Nacional - Belo Horizonte(2012)

► 8º Encontro Nacional - Sao Luiz(2011)

► 7º Encontro Nacional - Porto Alegre(2010)

► 6º Encontro Nacional - Recife(2009)

► 5º Encontro Nacional - Basilia(2007)

► 4º Encontro Nacional - Sao Paulo (2006)

► 3º Encontro Nacional - Salvador (2005)

► 2º Encontro Nacional - Vitoria (2004)

► 1º Encontro Nacional - Angra do reis (2003)

Logo PetrobrasLogo Ministério do DesenvolvimentoLogo Ministério de Minas e EnergiaLogo Governo Federal

Política de Privacidade - Copyright 2013 © - Todos os direitos reservados